quinta-feira, 28 de abril de 2011

Políticos e gestores públicos são os culpados pela crise

Corajosamente, Carlos Costa, actual Governador do Banco de Portugal não esteve com meias palavras. Afirmou ontem que a culpa do estado das contas públicas é dos decisores políticos e dos administradores públicos e que aquelas demonstram o fracasso da administração do Estado e que seria imperioso que os decisores fossem responsabilizados.
Este economista do Distrito de Aveiro (natural de Oliveira de Azeméis) que assumiu funções de governador do Banco de Portugal há menos de um ano tem sido uma voz crítica e objectiva.
Parabéns Senhor Governador!

segunda-feira, 25 de abril de 2011

Portugal no seu melhor: Telmo do "Big Brother": candidato a deputado nas listas do PS

Telmo Ferreira será o 14.º candidato a deputado pelo PS pelo Distrito de Leiria. "O lugar não é elegível para o Parlamento, mas segundo adianta o "i" Telmo Ferreira prepara-se para entrar noutra corrida, nomeadamente a da liderança à concelhia do PS da Batalha. " in Expresso
Algumas pérolas de Telmo. "-Hoje apanhei um acidente pelo caminho, o camião estava desfeito e o gajo que o vinha a conduzir estava todo morto - Para mim foi um desalívio... - Quem é que quer partir esta lata de atum mais eu? - Quero todos nus a fazer striptease! - "Fáite-dáivers!" - Não cabeu a carapuça! - Oh Big. Sai daqui! Não estroves! - Tenho medo de ser o maior ronhas à face da terra aqui na casa. - Eu encaixo-me melhor nos homens! - O desporto é a manutenção do meu corpo humano... - Vou fazer uma cirurgião plástica. - As opiniões pessoais de cada um são muito próprias. - Uma pessoa vira-se para um lado e se for preciso desvira-se. - Há aqui pessoas que se estão a cagar para o grupo e que só querem saber de mim próprias! - Achas a carne elástica? Nós na tropa comiamos cobra... Queria-te ver a comer cobra!! - Vou regar o Jardim com esta mangueira. Ó Paulo!!! Liga aí o jardim!! - Ninguém gosta que ninguém engorde. - O que ma apetece no grupo é... sexo em grupo...muitas ÓRGIAS...muitas ÓRGIAS!! - Telmo no confessionário em relação ao casamento com a Célia: "Isso só o futuro com o tempo o dirá!" - "O Sporting foi fundado em 1906. Eh pá, tem quase mil anos!
- "Vou encarar isto da maneira mais naturalista possível."

Pensava eu que neste País já nada me podia surpreender! Afonso Henriques deve estar a dar voltas no túmulo e os capitães de Abril a pensar para que serviu a revolução.

sexta-feira, 22 de abril de 2011

Erosão costeira também no Algarve


Toda a faixa litoral a sul do Douro e até à Marinha Grande tem vindo a sofrer uma acentuada erosão. Em particular, na praia do Furadouro e zonas adjacentes o avanço do mar é muito preocupante. Mas também na costa sul se faz sentir o avanço do mar. As várias ilhas na zona da Ria Formosa, a península designada como ilha de Faro, mas também as praias de falésia sentem esse avanço inexorável. As derrocadas serão cada vez menos casos isolados e é fundamental uma actuação preventiva e a consciência cívica dos veraneantes e pescadores desportivos, para evitar novas perdas de vidas humanas.

sábado, 16 de abril de 2011

Intervenção de Rómulo Machado no Congresso do PS

Alguém viu isto nas televisões? Versão completa em http://www.youtube.com/watch?v=aT6qTn5Fhk0&feature=player_embedded
video

Quatro fundações recebem 220 milhões de euros em cinco anos

O Estado transferiu pelo menos 250 milhões de euros para 31 das 639 fundações existentes. Deste montante, 90% foi para quatro fundações. Berardo recebe 270 mil euros por mês.
A Fundação para as Comunicações Móveis, a do CCB, a Fundação Serralves e a Fundação Berardo receberam 222 milhões de euros em cinco anos.

Os cálculos do Diário de Notícias, que analisou a informação publicada em Diário da República, mostram que este valor corresponde a 90% do total de 250 milhões de euros atribuídos a 31 fundações de direito público e privado entre 2005 e o final do primeiro semestre de 2010.

De acordo com o mesmo jornal, a fundação Colecção Berardo recebe 270 mil euros por mês, destinados a financiar despesas correntes, eventos e aquisição de obras.

Esta é a terceira das entidades do Fundo de Fomento Cultural que mais recebe, logo a seguir às fundações Serralves e Centro Cultural de Belém.

Trata-se do retrato de uma parte das 639 fundações existentes, que contam com uma forte presença de responsáveis políticos nos seus orgãos sociais.

O Tribunal de Contas tem recomendado alterações legislativas que disciplinem e regulamentem a criação e a atribuição de isenções e benefícios fiscais a estas entidades.
Por Catarina Almeida Pereira in Jornal de Negócios de 15/4/2011

sexta-feira, 15 de abril de 2011

Gabriela Ventura - Gestora do Proder


Há dias comentava com um amigo que o nosso Governo era muito cinzento e relembrei Carme Chácon a Ministra espanhola da Defesa ou Mara Carfagna a Ministra Italiana para a igualdade. Vai daí, esse meu amigo encheu-se de brios e remeteu-me a foto abaixo, de Gabriela Ventura, Gestora do Proder no Ministério da Agricultura, numa sessão pública de esclarecimento. Garantiu-me que foi uma sessão pública muito apreciada, mas não revelou quem tirou a fotografia. Aqui ficam os créditos ao autor anónimo.

sexta-feira, 8 de abril de 2011

O exemplo do Primeiro Ministro britânico David Cameron

O primeiro-ministro britânico viajou numa companhia aérea 'low cost' e está hospedado num hotel 3 estrelas na belíssima cidade de Granada no Sul de Espanha.

A melhor defesa é o ataque!


É o novo lema que Carme Chacón, Ministra Espanhola da Defesa, apresentou às altas patentes da Armada do seu País.

quinta-feira, 7 de abril de 2011

Os donos da tabuada

Para o mais admirado dos reis portugueses, D. João II, a matemática era uma arma da governação.
Para José Sócrates ela está ao serviço da retórica. Tudo divide estes dois homens e, claro, tudo separa o Portugal que legam. Sócrates julga que é, ainda, o dono da tabuada. Erro: se ele é genial nas contas de sumir, há quem some os seus erros. O Governo bateu com a cabeça na realidade e ainda não acredita que o País tem uma dor de cabeça. O dinheiro não nasce nas caixas ATM, ao contrário do que Sócrates acreditava. Evaporou-se e só regressará nos próximos anos para pagar a irresponsabilidade dos últimos anos e a teimosia suicida dos últimos meses. A ajuda externa já existia, disfarçada, através do BCE. Agora vai ser às claras. O que aí vem é uma mistura explosiva de Fada Madrinha e de Bruxa Má. Ao contrário do que julgava Sócrates os números substituíram as palavras. A poesia é feita de contas de subtrair e não de somar. Os antigos homens sem rosto têm agora uma face. Mas tratarão os portugueses como devedores e não como consumidores. A classe política deixou, no seu todo, de ser inocente. Está refém, a partir de agora, de uma gestão que não é a sua. Mas foi ela, com a sua incompetência, que levou Portugal para as portas do purgatório. Ao contrário do que julgava Sócrates, não vai haver uma muralha de aço a cantar "força, força, companheiro José!" para evitar a humilhação. A caixa de Pandora foi aberta pela classe política, mais interessada em afagar o seu umbigo. Dela sairão os pesadelos que duas décadas de consumo tinham disfarçado. Portugal não aprende que a história se repete como tragédia.
In Jornal de Negócios

Inside Job - A verdade da Crise

Este filme documentário do realizador Charles Ferguson sobre a mais recente crise financeira mundial foi premiado com um Óscar. Totalmente merecido! É um filme terrivelmente inquietante. Apesar dos aspectos técnicos financeiros mais sofisticados é perfeitamente compreensível pela generalidade dos espectadores. Trata-se de um filme absolutamente indispensável para quem quer perceber a génese da crise, os seus autores, a teia de conivências, cumplicidades e omissões. E muito mais!

Crise? PT pagou €3 milhões a ex-administradores envolvidos no "Face Oculta"

Notícia da Lusa da passada terça-feira, 5 do corrente;
"O ex-administrador da Portugal Telecom (PT) Rui Pedro Soares, que abandonou a empresa na sequência do processo "Face Oculta", recebeu em 2010 cerca de €1,2 milhões resultantes de indemnização e salário até quando desempenhou funções.

O responsável recebeu €648,7 mil de indemnização, €104,2 mil de remuneração fixa e €459,4 mil de prémio anual sobre o exercício de 2009, informa o relatório e contas da PT hoje divulgado na Comissão do Mercado de Valores Mobiliários (CMVM).

Fernando Soares Carneiro, também ex-administrador da PT que saiu igualmente no seguimento do processo "Face Oculta", recebeu um total de €1,8 milhões: €973 mil de indemnização, €175 mil por compromisso de não concorrência, €201 mil de remuneração fixa e €459,4 mil de prémio anual sobre o ano de 2009.

Rui Pedro Soares renunciou ao cargo na empresa a 17 de fevereiro de 2010, ao passo que Soares Carneiro viria a abandonar a PT cinco dias depois, a 22 de fevereiro.

Soares Carneiro e Rui Pedro Soares abandonaram a empresa após a divulgação de escutas telefónicas no âmbito do processo "Face Oculta" e de um alegado plano do Governo que envolvia a PT na criação de um grupo de comunicação social.
Zeinal Bava recebe menos 44%

Ainda de acordo com o relatório e contas hoje divulgado, o presidente executivo da PT, Zeinal Bava, teve uma redução de 44% no salário de 2010 face ao ano anterior devido ao não pagamento do prémio plurianual e à redução em 10% da remuneração fixa.

O salário total de Zeinal Bava foi, em 2010, de €1,41 milhões, menos 44% do que os €2,52 milhões registados no ano anterior, indica a PT.

Esta contenção na remuneração "consolida a iniciativa tomada em 2009 por Zeinal Bava, que reduziu a sua remuneração em 10% e por consequência a de todos os membros da Comissão Executiva" da PT "como forma de mobilizar o esforço acrescido no contexto global de crise", sublinha a operadora.

Em 2010, a Comissão Executiva da PT recebeu menos 22% de remuneração total, de €8,31 milhões no total dos seus membros para €6,47 milhões."

terça-feira, 5 de abril de 2011

A COISA ESTÁ MESMO MÁ...!!!


Nós que 'vivemos bem', raramente pensamos nas pessoas que ainda vivem na pobreza.

Esta foto, tirada num país no coração da Europa, mostra que a pobreza ainda existe em todo o lado.

Esta mulher, que passeia com as suas velhas e muito usadas roupas e, curvada ao peso dos sacos de plástico que arrasta na mão, não pode, nem deve, deixar ninguém indiferente!

Quem nos salva?


Durante os últimos anos José Sócrates ofereceu aos portugueses o mesmo programa com que Peter Pan tentou convencer as crianças Darling: fechem os olhos, tenham pensamentos positivos e serão capazes de voar. Afinal não podemos. Os défices públicos aldrabados e o assalto ao aparelho de Estado tornaram o País demasiado pesado para levantar voo. Os portugueses fecharam os olhos e acordaram com um pesadelo. Com um Peter Pan como este, Portugal tem de deixar de portar-se como um jovem que nunca cresce e pedir auxílio. Não vale a pena pedir ajuda a figuras bonacheironas como Warren Buffett, até porque ele é um dos maiores accionistas de uma das bruxas más que nos atormentam, a Moody's. Nem esperar que um milagre caia dos céus como maná ou, melhor, como um saco de dólares. Talvez por isso os portugueses buscam novamente um Salvador. Não estando disponível D. Sebastião, todos olham para Cavaco Silva. Os partidos, crentes recentes nos poderes de um predestinado, pedem-lhe que lidere a conciliação nacional ou mesmo o pedido do empréstimo externo. No fundo os partidos políticos, tal como Pilatos, lavam as mãos. O próprio PS quer retirar poderes ao Governo e oferecê-los ao PR. Acabou por se tornar presidencialista, mesmo sem ter dito isso ao povo. Isso, claro, deixaria Sócrates e Passos Coelho sem emprego, porque o Presidente teria de criar o seu próprio partido. E teríamos de mudar a Constituição para que o PR fosse o chefe de Governo. No meio da depressão permanente que se adivinha para os próximos anos, o Salvador que tanto procuramos poderá regressar em forma de Presidente. Por acção dos partidos.

Fonte: Jornal de Negócios

sexta-feira, 1 de abril de 2011

Tell me why

E deixe fluir a emoção.
video

Novas Oportunidades - Licenciaturas curriculares

Hoje a comunicação social noticiou que Marcos Baptista, administrador dos CTT desde 2005 e que tinha vindo do Grupo de Águas de Portugal onde exerceu funções de director de marketing entre 1996 e 2005, suspendeu funções por alegada falsificação de curriculum e dúvidas sobre a sua licenciatura.
Fontes geralmente bem informadas dizem que esta suspensão não teve nada a ver com a (in)competência, mas tão só com o facto do administrador ter excesso de ligação às Águas o que pode ser prejudicial na colagem dos selos nos CTT.
Entretanto, foi já anunciada a abertura pelas Novas Oportunidades de uma Licenciatura por Avaliação Curricular e a procura revela o grande sucesso da iniciativa.

Jangada de Pedras


Cartoon de Rodrigo no Expresso.